Segunda, 19 de Outubro de 2020 20:44
(84)99999999
Pedro Velho Cadê o dinheiro?

35 MILHÕES DE REAIS EM 10 MESES EM PEDRO VELHO

Dejerlane, apenas quremos saber onde foi aplicado esse dinheiro

04/08/2020 11h17 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
35 MILHÕES DE REAIS EM 10 MESES EM PEDRO VELHO

 A prefeita Dejerlane Macedo vem rindo à toa com o derrame de dinheiro que vem caindo nos cofres da Prefeitura de Pedro Velho. 

Com uma média de 3,5 milhões por mês, Pedro Velho é um dos poucos municípios do Estado que recebe essa quantia vultuosa.

O x da questão é que ninguém sabe para onde está indo essa dinheirama, pois a cidade se encontra um caos administrativo, com salários atrasados, obras paralisadas, que são 03 PSFs, destacando o de Carnaúba do Padre, ruas cheias de buracos, estradas da zona rural intransitáveis, falta de iluminação pública, falta de médicos nos PSFs e falta de vergonha na cara e de comprometimento com a população.

No combate ao covid-19, a gestão da prefeita Dejerlane Macedo se destaca pela instalação de duas torneiras na praça da cidade, fechamento das ruas com piçarros, pipa d’água e um ônibus alugado, além de uma barreira sanitária durante o dia com bombeiros civis, que não serve ao menos para promover uma política de conscientização, senão lavar pneus de carro e moto com água sanitária.

Além do descaso com o município, a prefeita Dejerlane Macedo já está sendo investigada por vários crimes, como, superfaturamento em contratação de bandas, em aquisição de pães, de merenda escolar, bem como, de recebimentos de propinas devido o enriquecimento em tão pouco tempo de prefeita.

Por último, seu ex marido, Gilberto Chaves, denunciou a prefeita Dejerlane Macedo, na Procuradoria Geral de Justiça, por cometimento de crime de falsificação de documento e estelionato, com golpes de empréstimo consignado em nome de SILVANA MARIA URBANO MARINHO, na época que era vice prefeita.

Kd o dinheiro que estava aqui?????

 

Outubro e Novembro de 2019 - R$ 6.253.833,87 C

Dezembro de 2019 - R$ 5.098.785,40 C

Janeiro e Fevereiro de 2020 - R$ 7.652.326,73 C

Março e abril de 2020 - R$ 5.907.596,36 C

Maio e Junho de 2020 - R$ 5.534.959,54 C

Julho de 2020 - R$ 3.677.409,41 C

Fonte : Banco do Brasil

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.